domingo, 6 de maio de 2012

Mãe




Umas noites atrás, visitaste-me na minha necessidade sonhada.
Trazias o vestido verde água e o sorriso de sempre, no rosto.
E as tuas mãos de rainha tocaram-me o rosto.
Olhavas-me como se eu fosse a tua luz.
Quantas saudades eu tinha de ti...
Quantas saudades eu tinha do teu olhar...

O calendário diz que hoje o dia é teu.  
Dia de todas as mães.
O meu. E o teu dia.
Os dias são nossos.
Os dias são todos teus, minha mãe.
Porque o universo te pertence.
Sei que podes ver-me, ouvir-me e amparar-me.
Sinto a tua presença nos sinais.
Sei que estarás sempre em mim e para mim.
Obrigada, mãe.
Amo-te Tudo.

1 comentário:

apenas umas letras disse...

Muito lindos os dois textos. linda homenagem **