quinta-feira, 30 de julho de 2015

amar

Amar antes de mais nada
Amar depois de tudo
Amar só por amar
Amar até ao absurdo
É desse amor assim
Que quero morrer um dia
Ser princípio e fim
Na ilimitada lonjura
Mais que na fantasia 
Amar até à loucura
Amar na maior ousadia
Mais, muito mais, melhor
Que o próprio amor, que diz
Que é louco e eterno feliz
Quem morre de tanta alegria 

m.c.s.